QUANDO PROCURAR UM PSICÓLOGO PARA SEU FILHO

Muitas vezes, os pais não entendem seus filhos, mas percebem que pode haver algo de errado com eles. Eles perguntam o que a criança tem e ela diz que não é nada, olha para baixo, sai correndo ou simplesmente fica olhando sem dizer uma só palavra. E, na maioria das vezes, nem a própria criança sabe o que está acontecendo, mas sente um desconforto que não compreende. Nessas horas, é fundamental o encaminhamento para o psicólogo infantil. Esta profissional tem as habilidades necessárias para lidar com crianças e pode oferecer um ambiente onde ela se sinta segura e acolhida, para que a informação sobre o que se passa seja colhida da melhor forma possível.

Mas, antes de mais nada, é preciso estar atento a alguns sinais que podem mostrar a necessidade da procura por um profissional. Diferentemente de um adulto, que expressa seus sentimentos verbalmente, a criança pode demonstrar que precisa de ajuda apresentando alterações no seu comportamento e até mesmo sintomas físicos. Se você tem dúvida se está na hora de levar seu filho ao psicólogo infantil, confira 7 sinais de que a criança precisa de ajuda profissional:

1- Tristeza, choro constante ou mudança de comportamento: Normalmente as crianças são  agitadas e bem dispostas, quando elas estão quietas demais e parecem tristes, é importante conversar para saber o que se passa.

2- Distúrbios físicos: Problemas na alimentação, falta de apetite ou compulsão por comida, alteração no controle intestinal e mudanças no sono são fatores comuns em crianças entre cinco e seis anos, que estão passando por algum problema. Voltar a fazer xixi na cama mesmo depois de ter aprendido a controlar também é outro sinal preocupante. Já em crianças mais velhas, estes distúrbios podem vir acompanhados de agitação, ansiedade e irritabilidade.

3-  Doenças com muita frequência: Se a criança ficar doente frequentemente, é preciso ficar atento, pois pode ser um sintoma corporal de que algo não vai bem.

4- Dificuldade de interagir socialmente: Um dos problemas mais comuns que fazem com que os pais procurem uma psicóloga é quando a criança tem dificuldade de interagir socialmente. Mesmo que seja em forma de timidez, o isolamento deve ser analisado pelos pais.

5- Intolerância e agressividade: É normal que a criança faça birra para conseguir algo que querer e não aceite o “não” como resposta. Entretanto, levá-la ao psicólogo infantil é uma boa maneira de descobrir o que está errado, que, muitas vezes, pode ter relação com o comportamento dos pais.

6- Agitação e falta de concentração: Se o seu filho é muito agitado, é importante levá-lo ao psicólogo infantil, pois muitas vezes este comportamento pode estar relacionado ao TDAH (Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade).

7-   Dificuldade de aprendizagem: É comum que as crianças aprendam em velocidades diferentes, algumas aprendem a ler já em casa, outras quando entram na escola. Mas é preciso estar atento ao desenvolvimento de aprendizagem do seu filho. Se ele demora muito para assimilar algum conteúdo, talvez o ideal seja levá-lo a um profissional para ver qual a causa da sua dificuldade.

17/10/2017
09:00

AGENDE UMA CONSULTA

!
!
!
!