OS TIPOS DE CEFALEIA

A Cefaleia, mais conhecida como dor de cabeça, é um problema constante na vida das pessoas. No Brasil, ela atinge cerca de 72% da população, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC). E por não ser levada tão a sério como deveria, algumas pessoas acabam se automedicando, adiando cada vez mais as consultas aos médicos e os tratamentos específicos para cada tipo de Cefaleia. A Academia Brasileira de Neurologia (ABN) realizou uma pesquisa com 2.318 pessoas e revelou que 81% delas tomam remédios sem acompanhamento médico.

As dores de cabeça podem ocorrer por diversos motivos, sendo estresse, má alimentação ou por conta da vida sedentária também. Entretanto, às vezes algumas dores podem indicar problemas graves no organismo. Por isso, é importante entender quais são os tipos de Cefaleia existentes e encontrar qual deles você pode estar sentindo. Confira aqui os cinco tipos de dores de cabeça que separamos:

  1. Tensão: É o tipo de dor mais comum entre as pessoas. É causada pelo estresse e pelo cansaço. A dor surge por conta da tensão nos músculos do pescoço e na parte superior das costas. A sua intensidade varia de leve à moderada e se manifesta por meio de pressão e tensão na testa. O tratamento pode ser feito por ioga, massagem ou um boa noite de sono.

  2. Sinusal: Se dá por infecção dos seios nasais, o que deixa uma sensação desagradável na área entre o nariz e os olhos. Varia de leve à forte e deve ser tratada com acompanhamento médico e medicamentos prescritos contra sinusite.

  3. Enxaqueca: É uma condição neurológica que se manifesta com uma dor pulsante, causando sensibilidade à luz, ao barulho, náuseas e vômitos. A dor pode variar de moderada à intensa. Pessoas que sofrem de enxaquecas crônicas devem procurar com frequência o médico para realizar um tratamento específico.

  4. Dores durante exercícios físicos: É mais comum entre atletas. Apesar de ser bastante parecido com enxaqueca, os sintomas e a intensidade podem variar. É importante que o paciente busque um médico para realizar um tratamento.

  5. Cefaleia do trovão: A dor é intensa, súbita e explosiva e pode durar por, pelo menos, 60 segundos, durante semanas. Esse tipo de dor ocorre, geralmente, como forma de sinal quando a doença é mais grave.

É importante ressaltar que as consultas ao médico não podem ser descartadas. O indicado é realizar acompanhamentos e entender a origem das dores de cabeça.

09/04/2018
09:00

AGENDE UMA CONSULTA

!
!
!
!